Semântica

Semântica
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter

Neste artigo abordaremos alguns importantes aspectos da semântica: sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia, polissemia, hiponímia e hiperonímia.

Pretendemos aqui apresentar uma visão sistemática sobre Semântica, assunto que sempre foi e ė muito cobrado em provas. A FGV, em especial, traz muitas questões sobre isso, abordando as não tão conhecidas hiponímia e hiperonímia.

Assim, vamos direto ao ponto:

Semântica é o estudo da significação das palavras. Nela analisamos a sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia, polissemia, hiponímia e hiperonímia, dentro outros. 

 Semântica

Sinonímia X Antonímia

Enquanto a sinonímia trata das palavras com sentidos iguais ou aproximados (sinônimos), a antonímia trata de palavras com sentidos opostos. Em ambos os casos, no entanto, as palavras possuem grafia diferente umas das outras. 

Muitas vezes essas palavras estão relacionadas à interpretação de texto, podendo, em alguns casos, serem bem difíceis.  

  

Homonínima

Semântica

No estudo das homonímias encontramos palavras homófonas, homógrafas e perfeitas. Todas têm significados diferentes, mas podem ser iguais na pronúncia, na grafia ou em ambos os casos. 

 

  • Homófonos (homo + fono), que significa “igual som”, são palavras com significados diferentes, mas com pronúncia idêntica. 
  • Homógrafos (homo + grafos), que significa “grafia igual”, são palavras com significados diferentes, mas com grafia idêntica (mesmas letras).
  • E perfeitos? Perfeitos, como diz o nome, é quando há a combinação de ambas (pronúncia e grafia iguais), mas com significado diferente.

 Semântica

São vários os exemplos de homófonos.

Na seguinte frase verificamos que caçar e cassar são palavras com a mesma pronúncia, mas com significados completamente diferentes.

A caçada aos animais não é mais permitida, uma vez que foi cassada a lei que permitia.

Apenas para ilustrar, veja o quadro abaixo:

Semântica 

Da mesma forma, também são vários os exemplos de homógrafos.

Na seguinte frase verificamos que o verbo "poder" se apresenta tanto no passado como no presente com grafia igual, mas com som diferente.

Ontem João pôde estudar bastante. No entanto, hoje não pode mais.

O acento circunflexo em “pôde” é, aliás, acento diferencial.

Veja mais alguns exemplos:

Semântica 

E, por fim, em relação aos homônimos perfeitos, cuja grafia e som são iguais, trazemos o seguinte exemplo:

Maria casa com João, em cerimônia simples, realizada em sua casa.

A palavra casa, com o mesmo som e grafia, assume significados diferentes.

Veja:

Semântica 

 

Paronímia

Paronímias são palavras parecidas, mas com significados diferentes.

Atenção: não é incomum haver confusão entre as paronímias e as homonímias. No entanto, é de se observar que aquelas (paronímias) não são iguais na pronúncia, nem na grafia.

A melhor forma de explicar é mostrando alguns exemplos. 

Semântica 

 

Polissemia

Sem mudar a classe gramatical, uma mesma palavra (ou até mesmo uma expressão) pode assumir mais de um sentido/significado. Isso irá depender do contexto em que está inserida. 

Exemplo 1:

O cabo João do exército brasileiro faz um trabalho honroso.

O cabo da vassoura está quebrado.

Observou que a palavra “cabo” assumiu uma pluralidade de significados? Observou também que se trata de um substantivo e que não houve mudança de classe gramatical?     

Isso que é polissemia!

Agora, cuidado para não confundir. Se houver mudança de classe gramatical não é polissemia! 

Vamos a mais um exemplo.

Exemplo 2: 

Um cardápio de restaurante italiano dizia a seguinte frase: “Uma pesquisa aponta que o vinho é bom para o coração; posso confirmar, porque depois de algumas taças eu amo todo mundo!” (FGV - 2017)

A expressão "bom para o coração" é uma polissemia, uma vez que pode dois sentidos:

1) o vinho faz bem à saúde;

2) o vinho faz as pessoas amarem todo mundo. 

 

 

Hiperonímia X Hiponímia

O significado do prefixo ou do radical das palavras nos traz uma boa noção do que elas podem significar.

 Semântica

Pensando nessa relação de superioridade e inferioridade, procure sempre verificar o que uma palavra é em relação a outra.

Assim, animal é uma forma mais ampla, geral, superior de se referir a gatos, cachorros. Portanto, é um hiperônimo.

Já a palavra gato é hipônimo em relação à palavra animal.  

Esta figura ilustra essa relação:

 Semântica

Sempre precisamos observar o contexto.

Observe como já apareceu em prova:

Semântica

Resposta

 

 Semântica

Resposta

Fonte: o conteúdo desse artigo foi elaborado com base em questões de concursos e em gramática.

 

PESTANA, Fernando. A Gramática para Concursos Públicos. 3. ed. São Paulo: Método.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Semântica

Enviando Comentário Fechar
Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Sávio Christi

Sávio Christi

Cara, perfeita a explicação, meus parabéns!

A propósito: se tiver tempo, passe depois em meu vídeo mais recente do YouTube (Pleonasmo literário vs. pleonasmo vicioso) e me diga o que achou depois... O nome do canal é Sávio Christi: História em quadrinhos em foco, beleza?
★★★★★DIA 22.07.20 23h36RESPONDER
Fernanda - Esquematizar
Enviando Comentário Fechar
Fernanda  - Esquematizar

Fernanda - Esquematizar

Oi Sávio! Muito obrigada pelo feedback! =)


Com certeza vou olhar o teu vídeo, acho esse assunto fantástico!!


 

★★★★★DIA 23.07.20 12h46RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar