Evolução do Direito Previdenciário

Neste mapa mental vamos abordar a evolução do direito previdenciário, no qual será divido em quatro partes para melhor entendimento da matéria.

Evolução do Direito Previdenciário

adastre-se e fique por dentro das novidades do Esquematizar! =)

A explicação sobre o assunto será divido em 4 partes que são as fases evolutivas do Direito Previdenciário, ok?! Resumidamente!

1ª Fase - 1923

O Direito Previdenciário, enquanto um sistema, existe há mais de 90 anos. O seu marco inicial foi, sem dúvida, a chamada lei Eloy Chaves (nome do deputado federal que a criou) - Decreto Legislativo 4681, de 24/01/1923. Apesar disso, é preciso atentar para o fato de que antes dessa lei, já existiam normativas dispondo sobre o assunto da previdência social.

Nessa 1ª fase, por meio da Lei Eloy Chaves, foram instituídas as chamadas CAP'S (Caixas de Aposentadorias e Pensões) aos ferroviários, as quais, eram organizadas por empresas.

2ª Fase - 1933

Após, já no ano de 1933, foram criadas as IAP'S (Institutos de Aposentadorias e Pensões), mais avançadas que as CAP'S, eram organizadas por categorias profissionais. Importante salientar, ainda, que as IAP'S tinham função arrecadatória e fiscalizatória.

3ª Fase - 1967

Iniciando-se a 3ª fase, no ano de 1967, foi criado o INPS (Instituto Nacional de Previdência Social), através do Decreto-lei nº 72/1966, em que ocorreu a fusão das várias IAP'S (autarquias federais) para transformarem-se no INPS.

Ressalte-se que, nessa época, ainda não existia o SUS, o qual, aliás, surgiu apenas com a CF de 1988 e, sendo assim, apenas os beneficiários da previdência possuíam direito a "plano de saúde".

Também deve ser considerado o fato de que em 1963, pouco antes do surgimento do INPS (Insituto Nacional de Previdência Social), foi criado o FUNRURAL (Lei 4214/63) para os trabalhadores rurais que passaram a ter direito à previdência social. A FUNRURAL, entretanto, não era muito benéfica, pois enquanto os empregados urbanos ganhavam um salário mínimo de benefício, os rurais, apenas a metade.

4ª Fase - 1990

Ao meu ver, ainda existe a 4ª fase, na qual, criou-se, finalmente, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), por meio da Lei 8029/90. Esse instituto é fruto da fusão do IAPAS (Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social) com o INPS. De início, além da função de conceder benefícios, acumulava as funções de arrecadação e fiscalização. Entretanto, hoje, essas duas últimas funções ficam a cargo da Secretaria da Receita Federal do Brasil (Lei 11457/2007). O INSS, nesse sentido, apenas concede benefícios previdenciários e, por questão de logistítica, um único benefício assistencial (art. 203, V, CF/88).

 

 

Fonte: O mapa mental e o artigo foram elaborados com base nas aulas do professor Hugo Goes e por análise de questões de concursos.

Veja Também:

Classificação dos serviços públicos

Classificação dos serviços públicos

Ato válido, nulo, anulável e inexistente

Ato válido, nulo, anulável e inexistente

Atos gerais X Atos individuais

Atos gerais X Atos individuais

Acidente de trabalho - Quem julga?

Acidente de trabalho - Quem julga?

Olá, deixe seu comentário para Evolução do Direito Previdenciário

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Maria Do Carmo Pereira

Maria Do Carmo Pereira

adorei, vou indicar pra toda a ala do direito na minha faculdade, muito obrigada.
★★★★☆DIA 28.08.18 15h44RESPONDER
Fernanda - Esquematizar
Enviando Comentário Fechar :/
Fernanda  - Esquematizar

Fernanda - Esquematizar

Olha só! Que ótimo, Maria do Carmo! Obrigada! =)
★★★★★DIA 28.08.18 18h12RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/

Siga Esquematizar Concursos no Facebook

Fique por dentro das novidades!

Esquematizar Concursos